Destaque: Tignes

Breves factos sobre Tignes

Com uma combinação de comodidades criadas para o efeito e cenários montanhosos impressionantes, Tignes ocupa um lugar seguro entre os principais destinos de esqui do mundo. Com as condições de neve mais asseguradas da Europa, uma incrível variedade de terrenos e mais de 300 km de pistas para explorar, é uma proposta quase imbatível para umas férias no inverno. Acrescente a possibilidade de poder fazer esqui quase todo o ano, um cenário animado de après-ski e uma imensa variedade de alojamentos com ski in/ski out, e vai começar a perceber o porquê de a aventura de esquiar em Tignes é tão eternamente popular para famílias, grupos e para aventureiros que vêm sozinhos.

Breves factos sobre Tignes

Altura da estância: 1550-2100 m
Pista mais baixa: 1550 m
Teleférico mais elevado: 3456 m
Total das pistas: 300 km
Teleféricos: 76
Pistas: 154

  • Verde: 21 (14%)
  • Azul: 67 (43%)
  • Vermelha: 42 (27%)
  • Preta: 24 (16%)

Como chegar

Os aeroportos mais próximos são:

  • Chambéry (142 km/2h)
  • Grenoble (215 km/2,5h)
  • Lyon (219 km/2,5h)
  • Genebra (224 km/2,5 h)

Se optar por não conduzir, existe um conjunto de serviços de transfer privados que fazem a ligação com todas as cinco vilas de Tignes.

Prefere viajar de comboio? Então está com sorte! A Eurostar faz um serviço semanal entre St Pancras International e Bourg-Saint-Maurice, dos quais Tignes está a uns convenientes 40 min de viagem (30 km). Existe um serviço de autocarro público decente ou pode ir de táxi. A Eurostar oferece saídas de Londres às sextas à noite e sábados de manhã com viagens de regresso desde Bourg aos sábados de manhã e à noite.

Aspetos que adoramos

  • Área de esqui excecionalmente grande
  • Excelente sistema de teleférico
  • Manto de neve assegurado

Desvantagens

  • Arquitetura altamente questionável
  • Está acima da linha das árvores, pelo que durante o mau tempo não tem onde se abrigar
  • Muitas das pistas para iniciantes não são muito fáceis de aceder

A estância

Este local é mais uma rede de vilas interligadas do que um resort por assim dizer, sendo que Tignes é constituída por cinco áreas diferentes.

Localizada no cume do vale, a vibrante Val Claret (2100 m) tem teleféricos rápidos e modernos e oferece um acesso fácil à joia da brilhante coroa dos Alpes de Tignes: o glaciar Grande Motte. Ao fundo da estrada, no outro lado do lago, Le Lac (2100 m) funciona como o principal centro da estância, com Le Lavachet (2100 m) como vizinha que oferece uma sensação mais calma e discreta. As três estão localizadas relativamente perto no planalto central de Tignes, e é aqui que acontece a maior parte da ação da estância.

Localizada mais abaixo no vale na borda da barragem, Tignes 1800 (antes conhecida com Les Bosses) é a vila mais sossegada e menos pesada para o orçamento, mas os grandes investimentos de que foi alvo recentemente significam que está a crescer rapidamente. Por fim, localizada perto do rio na base da barragem está Tignes Les Brévières (1550 m), uma antiga e renovada pequena aldeia que é facilmente a mais pitoresca de todas.

Todas as cinco vilas estão bem ligadas pelo extenso sistema de teleféricos de Tignes e há um autocarro gratuito que faz a ligação com Val Claret, Le Lac, Le Lavachet e Tignes 1800 e que funciona pela noite dentro. Em Les Brévières já não tem tanta sorte, assim que o teleférico encerra está por sua conta. Felizmente, existe uma boa oferta de bares e restaurantes para o manter feliz, alimentado, sem sede e entretido.

A área de esqui

Juntamente com a sua luxuosa vizinha, Val d'Isère, Tignes tem uma das maiores áreas de esqui interligadas do mundo, pelo que não vai faltar o que fazer. Praticantes de nível intermédio vão adorar as imensas extensões de pistas longas e desafiantes, enquanto os praticantes com mais prática podem tirar partido de alguns dos melhores e mais extensos terrenos fora das pistas... facilmente acessíveis por teleférico. Mais um ás na manga da estância é o glaciar Grande Motte, que tem pistas incrivelmente íngremes e também oferece algumas das melhores experiências de esqui de verão da Europa ao longo da sua temporada de seis semanas.

Os aficionados do estilo livre estão bem servidos pelo impressionante conjunto de terrain parks. O halfpipe, que se encontra em perfeitas condições, é atualmente o maior da Europa e há uma almofada de ar gratuita em Tignes Val Claret (na base da pista Carline) que oferece aos praticantes do estilo livre uma boa oportunidade para aprimorar as novas manobras aéreas antes de as experimentarem num parque propriamente dito. Áreas separadas de aprendizagem recentemente construídas permitem que os iniciantes e as famílias tenham contacto com o estilo livre de forma mais segura e um conjunto de pistas de boardercross, uma em tamanho mais reduzido e a outra completa, são ótimas para acelerar.

Tignes tem quatro pistas para iniciantes, uma em Val Claret, uma em Le Lac, outra em Le Lavachet e outra em Tignes 1800, o que significa que existem imensas opções para crianças e iniciantes. Existe também uma área verde designada para iniciantes (embora o acesso não seja muito fácil) e uma variedade de pistas azuis para as quais pode progredir.

Graças à sua elevada altitude, Tignes está quase inteiramente acima da linha das árvores, o que significa que a visibilidade pode ficar comprometida, conforme as condições climatéricas, e isso pode ser um desafio. Nestes casos, as encostas com árvores mais baixas de Les Brévières podem oferecer um pouco de visibilidade, mas aqueles que sabem dirigem-se a Val d'Isère para tirar partido das pistas com árvores superiores.

Tignes tem bastante natureza, mas existem imensas opções de sítios onde pode comer nas cinco vilas. Desde os pratos locais favoritos como a tartiflette e o fondue a sabores mais internacionais com sushi e tapas gourmet, irá encontrar algo que lhe agrade nos variados e excelentes restaurantes de Tignes.

Karl Gustav, Val Claret
Este requintado bistro em Val Claret representa muito bem a cozinha moderna francesa, com uma fantástica carta de vinhos para acompanhar. Famoso pela sua decoração moderna e um ótimo serviço, traz um toque de elegância parisiense a Val Claret.

L'Armailly, Les Brévières
Se o que procura é a comida tradicional Savoyard, então este é o local ideal para si. A sua atmosfera rústica e encantadora e terraço soalheiro fazem desta a escolha perfeita para um almoço descontraído ou para um delicioso jantar.

Le Panoramic
Repleto de peles de ovelha, lareiras crepitantes e até chinelos de cortesia, o Le Panoramic redefine o conceito de restaurante na montanha. Localizado no topo do glaciar do Grande Motte, oferece uma experiência gastronómica inesquecível, com vistas espetaculares e comida gourmet cortesia do chef local Jean-Michel Bouvier.

Apesar de estar um pouco na sombra do seu vizinho famoso pelas festas, Tignes tem alguns après-ski animados e bastantes bares... se souber onde procurar. Apresentamos-lhe as nossas principais escolhas de bares em Tignes.

Grizzly’s Bar, Val Claret
Se está à procura de um cocktail garantidamente caro ou de um vin chaud (vinho quente) aconchegante, o Grizzly é o local indicado. Uma cabana de troncos de madeira rústica, em que o urso é o tema central da decoração, e móveis de madeira robusta, ótima para o après-ski ou para as festividades noturnas, com fogueiras abertas tanto no interior como no exterior.

The Loop Bar & Restaurant, Le Lac
Localizado na base das pistas Trolles e Rosset em Le Lac, a localização conveniente e o grande terraço soalheiro do The Loop Bar tornam-no assumidamente o favorito para o après-ski. É também um ótimo local para almoçar, devido em grande parte aos seus lendários hambúrgueres.

Couloir Bar, Val Claret
O Couloir Bar é um dos bares mais concorridos, graças aos seus excelentes cocktails e ao criativo menu que combina a tradicional cozinha Savayard com sabores mais contemporâneos. A programação regular de música ao vivo faze deste local uma paragem obrigatória em qualquer itinerário de après-ski, e a comida é do melhor que há!

Club Med Ski - Pioneiros em férias de esqui tudo incluído